As Piores (ou melhores) capas dos VHS

Dance Or Die (1987)

Quando você ver um daqueles professores de dança com cara de psicóticos e achar que ainda existe alguma profissão que o cinema não transformou em slasher, está enganado. E não, o Kieffer da capa não é o Jack Bauer.

The Cop In Blue Jeans (1977)

Jack Palance era um ator versátil, colecionava tanto oscars quanto vergonhas extremas em sua prateleira.

The Burning (1981) aka Chamas da Morte

Este slasher é conhecido por ser um dos trabalhos mais impressionantes de maquiagem de Tom Savini mas, certamente, o boneco de plástico usado em testes de batidas de automóveis, não é o seu melhor portfólio.

The Boob Tube (1975)

É difícil comentar sobre esta capa, tem tantas coisas erradas …

Dr. Butcher MD (1975) aka Zombie Holocaust

Se você acha que capas totalmente mentirosas com relação ao conteúdo de seus filmes são um fenômeno moderno da era dos DVDs, esta acima prova que a picaretagem italiana influenciou os distribuidores norte-americanos a usarem de todos os artifícios para fazer “Zombie Holocaust” (onde os vilões são, adivinhe, zumbis e canibais!), parecer um slasher sobre um médico assassino.

Programmed to Kill (1987)

Rip-off bagaceiro de O Exterminador do Futuro + Loira com topete oitentista + Trans World Entertainment + Robert Ginty = WIN!

Highway To Hell (1991) aka Assassinos da Estrada

Quando amaldiçoar a mãe do cara que faz as montagens toscas de photoshop nas capas de dvds da Continental, lembre-se que um dia já usaram o Paintbrush para tal.

Slaughter in San Francisco – Karate Cop (1974) aka Massacre em São Francisco

Chuck Norris interpreta Chuck Slaughter (genial!), neste clássico que, provavelmente, carrega a maior nota no IMDB, como um filme onde o mesmo é o ator principal – um bombástico e explosivo 3.8!

Atente ao detalhe que a imagem do mestre utilizada nessa capa, retrata um Chuck Norris muito mais velho do que no filme em questão.

Grandmother’s House (1989)

Quando o tricô, o ócio e o desespero picareta encontram a morte.

Deadly Dreams (1988)

Quem explicar do que se trata a criatura acima, ganha uma cópia de Karate Cop e um guia de atuação de Billy Drago.

Arizona Heat (1988)

Existem atores talhados para os filmes de tv e de classe Z. Michael Parks, um queridinho de Tarantino, é a cara da picaretagem. Alguém está projetando uma cena de Arizona Heat contra Parks e ele não consegue suportar tal ofensa ? Essa é a idéia da capa ? Bem, no filme, a moça é lésbica, então talvez ele tenha vergonha do que acontece a seguir nesta cena, afinal inversão de valores já existia nos anos 80 …

Dominique (1980)

O mesmo camarada que reclama das capas de dvd com spoilers, deveria saber que, novamente, elas apenas seguiram o que foi ensinado no passado.

Hellmaster (1992)

Um Kit-kat de graça para quem descobrir de qual filme Hellmaster é um rip-off. Mande uma carta com a resposta para o Marrocos, Rua das Lamentações, número 2127 e receberá seu prêmio. Obs: John Saxon se diz extremamente embaraçado de ter participado de Cannibal Apocalypse. Compare o mesmo com o filme acima e tire suas conclusões sobre conceitos de vergonha.

Warriors Of The Wind (1984) aka Nausicaä do Vale do Vento

Lembra daqueles desenhos psicodélicos que sua irmã menor fazia e sua mãe colava na parede da sala ? Bem, ela poderia ganhar dinheiro com isso!

Hollow Gate (1988)

Bem, a julgar pelas expressões faciais, as atuações devem ser superiores às do remake de Gus Van Sant.

Hush Little Baby Don’t You Cry (1986)

Um título absurdamente longo, um dos infames quadros de crianças chorando, maçãs sangrando, alguém pedindo ajuda para acabar o dever de matemática e um cachorro vestido, decorando a embalagem de papel higiênico em cima de um microondas … Vem cá, esse não é o roteiro do novo filme do Jodorowsky ?

Back In Action (1993)

Um negro musculoso, sem camiseta, fazendo pose com um coroa e sua carranca de durão, cercados por uma explosão randômica ao fundo e com um título fazendo trocadilho ao genêro do filme. Esta poderia ser a capa para qualquer filme de ação B (e existe filme de ação A ?) dos anos 90 mas esta, particularmente, salta aos olhos pela presença de Roddy Piper, o tira durão, mais um dos vários wrestlers que decidiram lutar (Rá!) pelo título de pior ator.

Son Of Darkness: To Die For 2 (1991) aka Drácula: Pacto de Sangue 2

Eu não sabia que Drácula era pedófilo, possuia o poder de tornar gigante sua cabeça e era estrábico. Mas quem se importa ? Quando o filme utiliza como marketing, um quote do Daily Variety dizendo que se trata de uma rara continuação muito superior ao original, você sabe que deve evitar.

Americana (1983)

Um filme dirigido e estrelado por David Carradine, com outro Carradine e Barbara Hershey no elenco, já mereceria por sí só sua atenção. Mas tudo é elevado à uma nova esfera quando temos uma capa Drew-Struzan-wannabe, com Carradine admirando o horizonte, enquanto carrega um cavalinho roubado do carrossel ao fundo.

Rabid Grannies (1988)

Eu achei que seria injusto incluir capas da Troma nessa seleção, que deveria ser apenas de capas “não-intencionalmente” horríveis. Mas, a inclusão desta peça serve apenas para elucidar o leitor de que sua vó pode guardar um terrível segredo assassino, já que o cinema faz questão de torná-las tão malignas.

Ghostkeeper (1986)

Esta poderia ser mais uma capa padrão para filmes de horror oitentistas que ninguém viu, SE o esqueleto não estivesse tirando com o dedo, o fiapinho de manga do almoço de ontém. brrr

Hobgoblins (1988)

A capa para um dos mais baixos rip-offs de Gremlins, dá uma aula do que NÃO fazer quando não se têm dinheiro para pagar por um boneco bem acabado. E a vuvzela do lado faz o charme.

Revenge Of The Zombie (1981) aka Kiss Daddy Goodbye

Outro exemplo divertido de como enganar um desavisado para alugar um filme onde o título e a capa não tem nada a ver com o plot. Mas o nome de Marilyn Burns abrilhanta a fita.

Brain Smasher (1993)

Existem tantas coisas erradas com a capa deste filme de Albert Pyun … É interessante começar abordando o título e o subtítulo, que fazem uma sintônia tremenda. Logo após, temos um sujeito com um mullet horrendo, extremamente mal dimensionado em relação à mulher atrás dele, enquanto um bando de mau-elementos vindos direto do clipe de Beat It, caminham rumo ao encontro do título. Ah, e a tagline tenta ser engraçadinha. Oh não.

Ghosthouse (1988) aka La Casa 3

Olha lá, sua irmã faturando alto de novo, desta vez com direito à giz de cera!

The Killing Of Satan (1983)

Satan deve ser durão quando conta com uma naja, a múmia carbonizada, uma pantera negra e a mulher invisível em seu exército. Mas claro, tudo é pouco para enfrentar o Ash mexicano e seu bastão de ferro de bicicleta. Eu poderia dizer que este filme foi dirigido pelo mesmo cara que concebeu Manos: The Hands of Fate mas este aqui vêm direto das Filipinas.

Last House on The Left (1972)

Deve ser divertido imaginar quantas vezes o sujeito locou este filme pensando se tratar de um erótico softcore para apimentar a noite com sua namorada e teve de ouvir ela reclamando daquela parte em que eles forçam uma virgem a urinar. Sabe como é, scat não pega bem quando você quer causar uma boa impressão. Mas bem pudera, não se pode confiar em uma capa onde um muro fantasma tem uma pichação dizendo “3coco”.

Gargoyles (1972)

Lembra da capa de Hobgoblins ? Certamente o designer (???) que a criou, teve a inspiração que merecia.

Into The Darkness (1986)

Se um dia esta tranqueira for lançada em dvd, gostaria que houvesse um featurette apenas para explicar qual seria o motivo de colocar uma 3×4 de Donald Pleasence na capa, mostrando toda sua satisfação ao integrar o elenco de tal obra. Ah, e é sempre válido avisar ao espectador que um filme de 1986 é colorido. Bem, não é apenas colorido, é “sangue-coaguladamente” colorido!

Class Reunion Massacre (1978) aka The Redeemer: Son of Satan!

Houve um tempo onde não se podia enfiar um vhs dentro do computador e, portanto, não se podia tirar uma still image da fita. Para tal, era necessário aproximar a câmera fotográfica ao máximo na tela da tv, e rezar para que o flash não ofuscasse toda a imagem. Ah, bons tempos.

The Satanic Rites of Dracula (1973) aka Os Ritos Satânicos de Drácula (dã)

É impressão minha ou alguém pegou a imagem da capa de A Return To Salem’s Lot e colou a cara do Christopher Lee em cima ?

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s